fies

FIES: Guia completo

O índice de pessoas formadas há 10 anos atrás era bem pequeno. E se formar era um privilégio que poucos tinham, pois para a maioria dos brasileiros a única alternativa era tentar ingressar no ensino das instituições públicas.

E quando isso não ocorria, o estudante desistia dos estudos.

Pensando nisso, o Governo criou em 2010 o FIES – Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior.

Através desse programa, o estudante poderia ingressar em instituições particulares com base em um financiamento pago pelo governo. E o retorno do pagamento por parte do estudante apenas é feito após o seu ingresso no mercado de trabalho.

Por conta disso, muitos brasileiros tiveram então a tão sonhada conclusão em curso de ensino superior.

COMO EU POSSO FAZER PARTE DO FIES?

Para aqueles que ainda não sabem os requisitos do programa e querem fazer parte do FIES é importante analisar a lista baixo.

Para fazer parte do FIES, você deve:

  • Possuir uma renda familiar de até 3 salários mínimos por pessoa
  • Não ter concluído nenhum outro tipo de curso superior
  • Ter participado de algumas das edições do ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio de 2010 para cá. Além de não ter zerado a redação e nem ter feito menos que 450 pontos na prova

Ao concluir os requisitos acima, é só escolher o seu curso e fazer o processo para dar entrada no financiamento.

Você pode saber mais sobre o FIES 2018 aqui.

E aqueles cidadãos que residem nas regiões do Norte, Nordeste e Centro-Oeste (com exceção de Brasília), possuem preferência na lista de alunos.

Mas caso você não seja chamado na primeira tentativa, tenha calma. É realizado uma lista de espera, e conforme a disponibilização dos recursos repassados as instituições de ensino, você poderá fazer parte do programa.

Lembrando que como todo financiamento, você deverá ir até uma das instituições financeiras autorizadas pelo programa (Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal) junto com o seu fiado e dar entrada nos papéis necessários.

ADITAMENTO

Como dito, o estudante deve realizar todo um processo junto ao banco para conseguir o FIES.

Fora isso, ele precisa realizar semestralmente o chamado aditamento. Esse aditamento é uma renovação do financiamento.

E é através dele que o Governo pode ter o controle de quantos alunos estão matriculados em instituições de ensino particular por conta do programa. Além de gerar uma maior organização na vida do Estado e do aluno.

Em caso de dúvidas, deixe sua pergunta nos comentários abaixo.

sisutec

Como participar do SISUTEC

De grande procura atualmente, o SISUTEC está sendo uma das modalidades mais usuais que os candidatos estão buscando para se profissionalizar.

Depois da enorme crise que o país passou, os brasileiros conseguiram perceber que sem a capacitação necessária eles não mais conseguiriam se manter no mercado de trabalho.

Atrelado a isso, o Governo também buscou meios de ajudar aqueles que desejavam melhorar de vida.

E com isso, houve a criação do SISUTEC.

Porém, muitas ainda são as dúvidas de como participar desse grande sistema.

Com dicas rápidas iremos ajudar vocês a buscar a capacitação profissional. Educa

COMO REALIZAR AS INSCRIÇÕES NO SISUTEC

Para o ano de 2018, as inscrições do primeiro período ocorreram nos meses de janeiro e fevereiro.

Já para o meio do ano letivo, as inscrições devem acontecer pelos meses de junho a julho.

Por isso, fique atento aos prazos.

Para se inscrever é muito simples, você irá acessar a página oficial do sistema http://sisutec.mec.gov.br/ na época prevista.

 site

Pois só nessa época é possível visualizar a opção de “fazer inscrição”. Clicado nessa opção, coloque os seus dados do login do ENEM e preencha todos os requisitos pedidos, aguardando as notas de corte apresentadas e se possível vendo em qual curso você possui maior chance.

QUEM PODE PARTICIPAR NO SISUTEC

Poderá participar do SISUTEC qualquer aluno que tenha prestado o último Exame Nacional.

Já que é esse o único requisito trazido pelo programa; atingir a pontuação necessária no ENEM para o curso desejado.

Nessa pontuação necessária, o mínimo estabelecido pelo Governo é não ter zerado a redação e não ter feito menos que 450 pontos nas outras áreas do Exame.

QUANTO TEMPO DURA UM CURSO

Por se tratar de cursos técnicos a duração é bem menor do que a de uma graduação completa.

Por isso, o curso com maior duração irá chegar a no máximo 800 horas de aula.

sisutec inscrição

QUAIS OS CURSOS MAIS PROCURADOS

A lista de cursos oferecidos é enorme e com opções para todas as carreiras e áreas econômicas.

Porém, elas são alteradas com base na região e na instituição de ensino que oferece o curso.

Aqueles mais procurados são os das áreas de:

  • Técnico em comercio exterior, meio ambiente, enfermagem, administração, contabilidade, farmácia, hotelaria, informática, comunicação visual, logística, estética, design de interiores e etc.

Gostou do texto? Compartilha com os amigos que também desejam participar do programa. Em caso de dúvidas, mande sua pergunta para a nossa equipe.[]

Porque se capacitar?

É importante que o trabalhador esteja sempre em busca de se capacitar para se tornar um profissional de destaque.

Muitos deixam para se preocupar apenas quando não possuem mais emprego, e desejam se realocar no mercado de trabalho, o que dificulta muito na hora de arrumar um emprego.

Por isso é importante que se comece a estudar de agora, mesmo que esteja em um emprego estável, visto que com maior capacitação, você se tornará indispensável na sua empresa, não tendo que se preocupar com desemprego.