Veja como a Micropigmentação Auxilia na Alopecia

Veja como a Micropigmentação Auxilia na Alopecia

Se a sua pergunta é se a micropigmentação ajuda na alopécia, você veio ao lugar certo!

Ainda há muitas dúvidas de que este procedimento funciona realmente para o tratamento da alopecia, mas muitas pessoas já o fizeram e estão muito contentes.

Se você está passando por isso neste momento, vale a pena dar uma olhada no artigo, que certamente o ajudará a tomar uma decisão!

O que é micropigmentação?

A micropigmentação é um procedimento em que um profissional utiliza um dispositivo de pigmentação da pele.

Usando uma agulha muito fina é possível introduzir uma quantidade mínima de pigmento sob a pele. Com este dispositivo é possível ajustar a profundidade e distribuição dos pigmentos ao resultado desejado pelo cliente.

Na maioria dos casos, estes pigmentos são hipoalergênicos e são selecionados conforme o tipo de pele e a cor do cabelo.

A micropigmentação na solução da alopecia

Vários homens e mulheres utilizam a micropigmentação para tratar a alopecia, principalmente porque não é invasiva e o seu resultado é bem natural.

Pode ser realizado tanto em pessoas com cabelo fino como em pessoas sem cabelo.

O tratamento pode reduzir o contraste entre a cor da pele e do cabelo, criando a ilusão de que há mais cabelo. É também importante lembrar que as cicatrizes no couro cabeludo podem ser melhoradas com a pigmentação

E mesmo que você tenha apenas alguns fios de cabelo, não causará nenhum malefício.

LEIA MAIS: Como tratar as varizes de forma simples

Para que a micropigmentação capilar é indicada?

  1. Esconder alopecia – você pode cobrir todo o couro cabeludo ou apenas em caso de falhas.
  2. Criar um efeito de densidade – se uma pessoa tem um cabelo muito fino, mesmo onde o couro cabeludo é visível.
  3. Minimizar cicatrizes – muitos homens que tiveram implantes muitas vezes têm cicatrizes, e a micropigmentação ajuda a escondê-las.

Por todas estas razões, este tratamento é tão bem sucedido porque dá mais densidade ao couro cabeludo e alcança uma aparência bem natural.

Agora que você entende como a micropigmentação pode ajudar com a alopecia, é hora de encontrar um bom profissional – olhe na internet, encontre amigos que indique e volte ao visual que você quer!

Sinusite: Tipos e formas de tratamento

Sinusite: Tipos e formas de tratamento

A sinusite é uma inflamação dos seios paranasais (cavidades ocas que estão localizados nos ossos que envolvem o nariz) devido a uma alergia. Geralmente, é acompanhada de inflamação da mucosa nasal, por isso é frequentemente chamada de rinossinusite.

Muitas pessoas portadoras de sinusite necessitam do uso de medicamentos específicos, e nebulizadores encontrados em loja de equipamentos médicos. Saibam quais são os tipos de sinusite e formas de tratamento.

Sinusite – causas, tipos e tratamento

Existem quatro tipos de seios paranasais: seios maxilares, seios etmoidais, seios esfenóides e seios frontais. A parte que é mais frequentemente afetada é o seio maxilar, que é localizada sob a bochecha.

Na maioria dos casos, a sinusite é secundária a uma infecção respiratória superior causada por um vírus.

Em geral, a sinusite é considerada aguda se durar menos de 4 semanas, se durar de 4 a 12 semanas, é chamada sinusite subaguda e, se durar mais de 12 semanas, é chamada sinusite crônica.

Os seios paranasais são geralmente cavidades estéreis, ou seja, nas quais não há microrganismos, ou são colonizados por bactérias que não dão patologia. Isso ocorre porque as secreções produzidas no seio paranasal se movem continuamente através de pequenos cílios que estão nas células do epitélio que reveste o seio e são drenados através de um pequeno orifício para a cavidade nasal.

Causas da sinusite

O mecanismo pelo qual a sinusite ocorre inclui três fatores:

          Obstrução do orifício da saída sinusal, por exemplo, por inflamação da mucosa devido a uma infecção, alergia ou quando existe um pólipo nasal.

 

          A redução do movimento dos cílios que estão no epitélio que cobre os seios e que normalmente se limpam ao mobilizar as secreções respiratórias. Isso ocorre em algumas doenças de origem genética, como a síndrome de Kartagener, mas também por exposição ao tabaco, alguns medicamentos, compostos químicos, infecções, alergias etc.

 

          O aumento da viscosidade das secreções que ocorre em algumas doenças como a fibrose cística.

Quando um ou mais desses fatores ocorrem, as secreções são retidas na mama e infectadas, causando sinusite aguda. Quando esses fatores não são resolvidos, os sintomas podem durar muitas semanas, levando à sinusite crônica.

A causa mais frequente de sinusite são vírus, principalmente rinovírus, adenovírus e vírus influenza ou parainfluenza , entre outros.

Entre as bactérias, grande parte dos casos é causada por Streptococcus pneumoniae (pneumococo), Haemophilus influenzae e Moraxella catarrhalis. É seguida por sinusite causada pela disseminação de infecções dentárias causadas, em geral, por várias bactérias ao mesmo tempo.

Existem sinusites adquiridas em hospitais (que chamamos de nosocomiais) causadas por bactérias agressivas, como Staphylococcus aureus, ou o que conhecemos como bacilos Gram-negativos.

Menos frequentemente, em hospitais, infecções por fungos como Candida albicans podem ser adquiridas.

Tipos de sinusite

Sinusite bacteriana aguda

Os sintomas incluem congestão nasal e dor ou compressão do seio, cuja localização depende do seio para sinusal que é afetado. Os diferentes sintomas de acordo com o seio paranasal inflamado são descritos abaixo:

A dor no seio maxilar é geralmente percebida na bochecha ou na arcada dentária superior, o que pode levar à dor no dente. Aproximadamente metade dos pacientes com esse tipo de sinusite desenvolve febre.

          Sinusite no seio etmoidal causa dor entre e atrás dos olhos.

          A dor do seio frontal é sentida sobre as sobrancelhas e na testa.

          Dor no seio esfenoidal ocorre na área superior da face. 

A característica clínica mais comum observada na sinusite bacteriana é que os sintomas do resfriado persistem por sete a dez dias. Normalmente, a radiografia do seio em 3 projeções é muito útil para o diagnóstico.

Sinusite bacteriana crônica

Isso é caracterizado pela permanência dos sintomas de inflamação por três meses ou mais. Os pacientes têm opressão contínua na mama e congestão nasal, principalmente pela manhã. Muitos pacientes notam uma secreção nasal diferente da normal (ela se torna espessa e adquire uma tonalidade esverdeada).

A tomografia computadorizada é geralmente recomendada em todos os pacientes com sinusite crônica, e possíveis alergias e imunodeficiências também devem ser avaliadas. O estudo do otorrinolaringologista é essencial, pois você pode obter informações adicionais com uma endoscopia nasal realizada no consultório. 

Sinusite fúngica

Este tipo de sinusite pode ser não invasivo ou invasivo. Não invasivo afeta pacientes imunocompetentes, é crônico e geralmente é caracterizado por um muco excepcionalmente espesso. Nessa condição, a massa de fungos presentes na mama pode causar sintomas de obstrução, mesmo que não invada a mucosa.

A sinusite fúngica invasiva não afeta pacientes imunossuprimidos  e nem pacientes imunocompetentes. Em pacientes imunossuprimidos, a patologia tem uma evolução aguda, com curso muito agressivo e prognóstico ruim; enquanto em pessoas imunocompetentes é uma doença lentamente progressiva.

Tratamento para sinusite

O tratamento da sinusite bacteriana aguda deve ser direcionado contra os patógenos bacterianos mais comuns. A escolha do antibiótico depende muito do grau de resistência das bactérias aos antibióticos em cada país ou região.

Como primeira linha de tratamento, pode ser usada amoxicilina, claritromicina ou azitromicina. Caso a evolução não seja boa, são utilizados antibióticos de segunda linha, como amoxicilina/ clavulânica, cefuroxima, levofloxacino, etc.

Casos de sinusite causada por infecções dentárias requerem tratamentos específicos contra bactérias chamadas anaeróbios que geralmente estão envolvidas nesses tipos de infecções.

O tratamento da sinusite é administrado por uma a duas semanas. Às vezes é necessário administrar antibióticos por via intravenosa nos pacientes mais graves com sintomas de envolvimento geral.

No caso de sinusite nosocomial (infecção contraída no hospital), os patógenos mais comuns são Staphylococcus aureus e bacilos gram-negativos; Nestas circunstâncias, é conveniente praticar culturas sinusais para orientar o tratamento. Inicialmente, é aplicado um tratamento intravenoso de amplo espectro, que será adaptado aos resultados da cultura.

Em pacientes com sinusite aguda grave, a cirurgia pode ser necessária para dilatar os orifícios e drenar secreções espessas, principalmente se a doença etmoidal ou esfenoidal não responder ao tratamento intravenoso inicial.

 

No caso de sinusite bacteriana crônica, a necessidade de antibioticoterapia deve ser avaliada individualmente; Os antibióticos devem ser escolhidos de acordo com os resultados da cultura mais recente.

Quanto à sinusite fúngica, eles são tratados com cirurgia e uso de antifúngicos

Como podemos observar, o tratamento varia de acordo com o tipo de sinusite e condição de cada paciente, portanto, a automedicação é perigosa e não recomendada. 

https://www.healthline.com/health/sinusitis

https://drauziovarella.uol.com.br/doencas-e-sintomas/sinusite/

https://www.medtronic.com/br-pt/your-health/conditions/sinus-infections.html

Entenda como funcionam as massagens detox

Entenda como funcionam as massagens detox

A terminologia detox, já conhecida dos alimentos e bebidas, alcança também os tratamentos, de forma mais específica quanto as massagens do corpo e da face. Com o intuito ambicioso de diminuir inchaços provocados por líquidos em acúmulo pelo corpo, essa técnica pode atuar isoladamente ou em associação a demais tratamentos, fazendo a sua intensificação.

 

O intuito é fazer o controle de toda a produtividade de radicais livres e enviar as toxinas para longe. Essa retenção é quase inevitável em relação à vida agitada, que por vezes faz a inclusão de alimentos desequilibrados e um consumo baixo de água mineral.

Como funcionam as massagens detox?

Os fundamentos detox fazem a combinação com manobras específicas para estimular o sistema linfático a utensílios que promovem aumentos da permeabilidade da pele para o recebimento de ativos com poder. Colocar, ainda, na conta de vantagens a sensação profunda de leveza. 

Massagem com altas temperaturas

Neste caso, é usado um aparato quente para gerar o aquecimento do corpo. Uma manta térmica muito famosa para aqueles que frequentam clínicas estéticas pode auxiliar nessa massagem detox. Ela promove a sensação quente que causa a vasodilatação e, de forma consequente, a elevação da circulação de sangue, bem como oxigenação de tecidos e quebra de elementos celulares de gordura.

Massagem que trabalha o interno

Essa opção de massagem modeladora conta com manobras fortes de desporto e shiatsu. O objetivo é alcançar as camadas de maior profundidade da pele, promovendo a limpeza de toxinas, e a redução de medidas já em sessão inicial. As técnicas devem ser mais fortes e com o jeito adequado para o alcance dessas partes mais profundas da pele.

Produtos cosméticos

Faça o reforço da prateleira com sérus, cremes e esfoliantes potencializantes. Quem faz uso de nanotecnologia promovem a intensificação da automassagem. Faça a anotação dos segredos para autoaplicar:

 

  • nas pernas, braços, pescoço, colo e rosto é importante espalhar o produto de baixo para cima, fazendo pressões para a ativação da circulação e sistema linfático;
  • na barriga, a movimentação deve acontecer em círculos.

Chás

Os líquidos que têm como base o gengibre e cavalinha apresentam ação diurética e o aceleramento metabólico para aqueles que sofrem com a falta de energia e sentem o peso nas pernas ao final do dia. É válido consumir isoladamente ou em adição a outros preparativos. Geralmente, podem ser aliados à prática da massagem detox porque influenciam e complementam os resultados das técnicas!

 

O novo porquê ao projetar exames médicos obrigatórios

O novo porquê ao projetar exames médicos obrigatórios

A formação médica básica dos médicos é quase completamente realizada em hospitais usando um modelo médico tradicional e isso pode ser menos relevante para futuros trabalhos preventivos em medicina pública ou ocupacional. Esse é especialmente o caso ao realizar exames médicos obrigatórios em trabalhadores em que a abordagem tradicional prejudica as boas práticas. O ‘ porquê ‘, quando se pensa em exames médicos obrigatórios em trabalhadores, pode ser descrito como uma verificação periódica, dadas algumas condições específicas e especiais de trabalho, se um funcionário pode executar seu trabalho com segurança sem um risco maior à saúde [ 1] As leis, regulamentos e diretrizes de prática profissional nacionais são responsáveis ​​pelas diferenças entre os países em como os profissionais de medicina do trabalho lidam com o conteúdo (‘ o quê ‘) e os procedimentos (‘ como ”) em torno de exames médicos obrigatórios dos trabalhadores. A terminologia diferente usada parece ser o menor dos problemas: avaliações de saúde antes da colocação, exames médicos antes do emprego, exames médicos no emprego, avaliações médicas adequadas ao trabalho etc., porque todos falam mais ou menos para eles mesmos. As diferenças setoriais são óbvias porque, para alguns setores, as fronteiras entre os países são inexistentes e, portanto, a aplicação dos mesmos critérios parece lógico quando um trabalhador atravessa países diariamente (por exemplo, marítimos, maquinistas, pilotos, mergulhadores profissionais ou empregos na região). indústria offshore). Para esses trabalhos, as diretrizes de consenso internacional entre os profissionais médicos sobre o conteúdo dos exames obrigatórios existem há décadas. Infelizmente, o modo de pensar clínico clássico (procurando sintomas,o quê nesses exames médicos: longas listas de doenças precisavam ser verificadas pelo médico e perguntas sobre histórico de saúde eram normais. Hoje, é mais difícil atualizar e melhorar o conteúdo desses exames médicos quando os antigos protocolos médicos continuam a ser tomados como ponto de partida quando as atualizações são discutidas, resultando em apenas pequenas alterações e sem questionar suas bases. É necessária uma nova base, o ‘ novo porquê ‘, ao projetar e executar exames médicos obrigatórios em trabalhadores.

Para aumentar as chances de modernização nesse campo, profissionais médicos e cientistas precisam discutir o tópico central, e é por isso que é relevante e essencial alterar o conteúdo e o processo de exames médicos obrigatórios (médicos pré-emprego e médicos sob contrato) ) Como exemplo local, a legislação holandesa fornece uma visão contrastante em comparação com muitos protocolos médicos (inter) nacionais existentes para ocupações específicas. São discutidas quatro questões que esclarecem como a visão holandesa pode diferir das idéias de outros países. Na Holanda, novos princípios do ” porquê ” para médicos do trabalho devem orientar o ” como ” e “o que “na concepção e realização de exames médicos periódicos. Depois que foram feitas emendas na lei holandesa sobre médicos pré-emprego, dois documentos de orientação para profissionais médicos em medicina do trabalho foram desenvolvidos: um em exames médicos pré-emprego [ 2 ] e um em exames médicos em emprego [ 3 ].

Em primeiro lugar, nesses documentos de orientação, afirma-se que a avaliação da aptidão médica dos trabalhadores para o trabalho deve basear-se nos requisitos específicos, porém atuais, de saúde e segurança existentes na execução do trabalho, e não sobre regras gerais relativas ao impacto médio de doenças, nem sobre questões sobre a saúde geral dos trabalhadores. O empregador desempenha um papel no reconhecimento de demandas específicas de trabalho e deve verificar se os riscos devido a essas demandas de emprego podem ser evitados, a fim de evitar que os trabalhadores sejam medicamente selecionados desnecessariamente. Quando nenhuma melhoria é possível, os requisitos de saúde ou segurança associados necessários para um trabalho específico devem ser descritos mais detalhadamente (pelo médico do trabalho). Eles devem incluir requisitos mentais, físicos, sensoriais, emocionais e biomecânicos e devem ser definidos com o máximo de detalhes específicos do trabalho. Essas informações formam a base para selecionar os testes mais adequados durante o exame médico. A maioria dos requisitos de segurança em um trabalho, como um maquinista, por exemplo,4 ] A conversão desses requisitos em exames (médicos) durante um exame médico deve levar a escolhas diferentes daquelas que encontramos nos exames médicos mais tradicionais.

Em segundo lugar, e de acordo com o primeiro ponto, assumimos que a avaliação de queixas ou doenças de saúde por si só não pode ser suficiente para detectar trabalhadores com possíveis e relevantes limitações de trabalho, dados os requisitos precisos. Precisamos de perguntas de sinalização específicas nas quais certas queixas de saúde relevantes sejam associadas à diminuição da capacidade, devido aos requisitos definidos necessários para a execução das demandas do trabalho. É por isso que os exames médicos específicos do trabalho, com perguntas mais precisas incluídas no protocolo do exame, com associação direta aos requisitos definidos, foram desenvolvidos.

Em terceiro lugar, a solução ‘padrão’ nos protocolos de exames médicos, incluindo testes clínicos normalmente usados ​​para construir uma estrutura de diagnóstico (ou seja, exames de sangue, exames de urina, raios-X, etc.) é questionável e pode não ser o instrumento necessário na prevenção médica. configuração. Tampouco é lógico porque, com medicamentos obrigatórios, é o médico que convida um trabalhador para um exame, enquanto no ambiente médico clássico o paciente visita o médico ou o hospital devido a problemas de saúde.

Em quarto lugar, supomos que, quanto melhor o exame médico é adaptado às exigências do trabalho e aos requisitos de saúde e segurança, maior a probabilidade de um médico do trabalho tomar decisões válidas e fornecer conselhos personalizados para manter os trabalhadores no trabalho e em condições de trabalhar. : isso deve ser visto como o objetivo final, enquanto a maioria dos protocolos médicos clássicos pode terminar com a decisão de que um trabalhador individual é ‘inadequado para o trabalho’. Aqui é onde o ‘ novo porquê ‘ é óbvio: a avaliação da aptidão médica para o trabalho não é um objetivo em si, porque deve ser mantida por intervenções oportunas para remover problemas de saúde ou segurança, melhorar as limitações do trabalho ou sustentar a capacidade para o trabalho. As intervenções também são padronizadas, assim como os testes e os resultados dos testes.

Esse modo de pensar não é tipicamente holandês. Na pesquisa, vários autores argumentam da mesma maneira ao pesquisar exemplos clássicos de trabalhos com altas exigências físicas para os quais os exames médicos obrigatórios foram redesenhados, como para bombeiros e policiais. Jamnik et al . [ 5 ] publicaram um trabalho para explicar como no Canadá poderiam ser desenvolvidos e praticados padrões de emprego legalmente defensáveis ​​para ocupações importantes de segurança pública exigentes fisicamente. Tipton et al . [ 6 ] expandiram os processos envolvidos no estabelecimento de padrões mínimos de aptidão ocupacional, destacando a interação que ocorre entre a escolha das medidas e a decisão a seguir.

Os oponentes da abordagem holandesa podem argumentar que o modo de pensar clínico clássico é necessário quando os trabalhadores têm um histórico médico específico ou uma doença recém-desenvolvida, mas isso não é diferente de considerar as habilidades contínuas dos trabalhadores em empregos com requisitos de segurança ou saúde. Além disso, a ênfase deve estar no conhecimento dos requisitos de saúde ou segurança específicos do trabalho ao examinar trabalhadores doentes. Por exemplo, quando um novo problema de saúde grave, como um acidente vascular cerebral, surge em um motorista profissional, o médico precisa decidir sobre a aptidão para dirigir dessa pessoa.

Foram publicados dois estudos científicos recentes sobre o conteúdo de exames médicos para obter uma licença para dirigir um veículo motorizado. Eles servem como um exemplo de como a modernização de protocolos médicos pode ser dificultada ou aprimorada. Como exemplo de dificultar a modernização, Rapoport et al ., Um grupo internacional de médicos ou pesquisadores avaliou sistematicamente a qualidade de nove diretrizes nacionais sobre dirigir com doenças médicas [ 7 ]. Embora todas as diretrizes tenham recebido classificações baixas do AGREE-II quanto ao rigor do desenvolvimento, aplicabilidade e documentação, nem na introdução nem na discussão ou conclusão foram ‘ o porquê ‘ ou ‘ o que‘destas diretrizes discutidas ou questionadas. Um exemplo de aprimoramento da modernização é o artigo de Ranchet et al . que usaram a evidência adicional de selecionar apenas testes próximos às demandas específicas do trabalho [ 8 ]. Eles compararam o uso de descobertas médicas clássicas apenas com informações mais próximas dos requisitos reais na forma de um teste prático de aptidão para dirigir; seus resultados revelaram que os médicos que usavam apenas as recomendações médicas eram menos propensos a rejeitar as pessoas que apresentavam um risco real na estrada.

Exemplos de médicos específicos para o trabalho desenvolvidos com o ‘ novo porquê ‘, ‘ como ‘ e ‘o quê ‘ na última década levaram à modernização dos médicos obrigatórios em nosso departamento para trabalhadores de ambulâncias [ 9 ], bombeiros [ 10 ], médicos hospitalares [ 11 ], trabalhadores da segurança ferroviária [ 12 ] e trabalhadores da indústria da construção [ 13]] Essa maneira revisada de realizar exames médicos teve um impacto diferente na prática dos médicos do trabalho. O setor de ambulâncias introduziu um sistema nacional de registro de resultados de exames médicos em 2011, mas o progresso na prática só está presente no setor de combate a incêndios desde 2015. Não houve impacto prático na indústria da construção, onde evidências e conteúdo foram criados para 103 ocupações [ 13 ] Mais recentemente, para a Força Policial Nacional recém-mesclada na Holanda (> 60.000 trabalhadores), nossa pesquisa forneceu evidências para construir o conteúdo de exames médicos obrigatórios periódicos para 37 tarefas específicas dentro da organização (JS Boschman et al ., Em preparação) .

Não é tarefa fácil mudar o modo de pensar dos médicos ocupacionais na prática e implementar melhores exames médicos a curto prazo. Um dos principais motivos pode ser encontrado no treinamento básico de médicos, quase completamente direcionado ao ambiente médico dos hospitais. Esta formação médica é menos relevante para seus futuros trabalhos em medicina pública e ocupacional. Os médicos do trabalho devem entender como suas habilidades médicas foram formadas durante o treinamento básico e o que eles precisam aplicar e mostrar no contexto da medicina ocupacional preventiva. Valerá a pena todos os esforços para mudar sua prática, pois se trata de orientar melhor os trabalhadores do ponto de vista da saúde ocupacional. Esses trabalhadores escolheram ser ativos em seus trabalhos específicos, incluindo as demandas físicas, mentais e de segurança específicas. Quando o ‘novo porquê ‘do exame médico obrigatório é levado mais a sério por todos os profissionais da área médica, modernizará a prática diária da medicina ocupacional ao realizar exames médicos obrigatórios.

Referências

1

Palmer K , Castanho EU. Aptidão para o trabalho: os aspectos médicos. Oxford: imprensa da Universidade de Oxford, 2013.

Google ScholarCrossref 

2)

Ministério de Assuntos Sociais e Emprego. Diretrizes para exames médicos pré-emprego [Leidraad Aanstellingskeuringen]. Haia, Holanda: Ministério de Assuntos Sociais e Emprego, 2005.

 

Qual é o código da agência do Banco do Brasil?

Qual é o código da agência do Banco do Brasil?

Você sabe identificar o código da agência Banco do Brasil? Muitas pessoas ainda ficam com essa dúvida na hora de realizar transferências e outras transações. Dessa maneira, hoje vamos falar um pouco sobre esse código, explicar o porquê do seu uso e falar um pouco sobre o Banco do Brasil em si. 

Pode parecer uma pergunta boba, mas sim, muitas pessoas tem essa dúvida e acabam fazendo as transações incorretas, porque embaralham com a quantidade de números que contém no cartão. Portanto, vamos explicar e sanar todas essas dúvidas.

O banco do Brasil é um dos bancos mais antigos do país, se tornando referência para os outros bancos que vieram depois. Passando por diversos momentos, tanto bons, quanto ruins, ele se manteve firme. Hoje o banco do Brasil, continua sendo um ótimo banco, com os avanços tecnológicos, fez com que as transações se tornassem ainda mais fáceis. 

O código da agência Banco do Brasil, é os 5 números com o dígito que contém abaixo do seu nome no cartão. Essa informação, diferente de alguns bancos, vem em alto relevo. Isso torna mais fácil você encontrar o código da agência Banco do Brasil no seu cartão. Geralmente essa informação contém o número da agência e o dígito verificador, por exemplo XXXX-0.

O código da agência do banco do Brasil é um dos números mais importantes na hora de executar uma transação. Caso você passe para outra pessoa, ou até mesmo você, quando for fazer uma transferência para sua conta, você precisa mandar corretamente esse número. O código da agência Banco do Brasil correto, faz com que a transação seja executada por completo, caso tenha um número errado, não é possível fazer essa transação.

Colocando em outras palavras para que fique melhor o entendimento, o código da agência Banco do Brasil, é tão importante quanto o RG ou CPF de uma pessoa. Dessa maneira, o código equivale ao número de identificação da agência na transação.

De fato, espero que esse artigo mostra a importância do código da agência Banco do Brasil, para que você não se perca na hora de realizar uma transação. Por fim, esperamos que fique mais fácil de realizá-las, após esse compilado de informações. Caso deseje mais informações sobre as transações do cartão, procure a agência mais próxima. O gerente pode sanar essas e outras dúvidas referente aos números que contém no seu cartão do Banco do Brasil.

 

O que é implante dentário e como é feito

O que é implante dentário e como é feito

O implante dentário é uma estrutura feita de titânio que substitui a raiz do dente e é fixada cirurgicamente no osso maxilar abaixo da margem da gengiva. Assim, eles permitem que o dentista fixe pontes ou dentes substitutos na área.

Quando comparados às dentaduras convencionais e pontes, os implantes dentários são mais duráveis e menos incômodos. Além disso, também contribuem para a saúde bucal, já que muito se assemelham aos dentes e facilitam o processo de higiene bucal.

Como são fixados ao osso, os implantes dentários permitem que os dentes artificiais fiquem mais estáveis, e mesmo em caso de próteses montada sobre os implantes, elas não se soltam ou escorregam como no caso ocorre com as dentaduras normais.

implante dentário

Qualquer pessoa pode fazer o implante dentário

Qualquer pessoa saudável com mais de 17 anos de idade que tenha sofrido perda de algum dente, já pode fazer implante dentário. Recomenda-se esta idade mínima, pois é exatamente nessa fase que os ossos da face encerram o seu desenvolvimento natural.

Além da idade, é preciso que a pessoa tenha gengivas saudáveis e ossos que suportem a estrutura do implante. Contudo, é recomendado procurar um especialista em implantes dentários, para que este faça uma avaliação da estrutura óssea e da saúde oral para depois fazer o implante.

Especialistas também recomendam que o processo seja feito o mais rápido possível após a perda do dente, pois com o passar do tempo o osso sofre um processo de reabsorção fisiológica, e isso dificulta o implante da nova raiz.

Como é feito o implante dentário

O implante dentário é um processo cirúrgico, por isso é feito com anestesia local. Depois são implantados pinos metálicos fixados no osso do maxilar ou mandíbula, para que possa sustentar os dentes necessários. O tempo para que os implantes fiquem aptos a receber os novos dentes é chamado de “inclusão óssea” e pode variar de 4 a 6 meses.

E atualmente graças ao avanço das técnicas de ortodontia da atualidade, este tempo pode ser reduzido, assim como o tempo de recuperação da cirurgia que dependerá também de cada paciente.

Depois deste primeiro passo, será feita uma segunda cirurgia (pequena) apenas para remover a pele da gengiva que esteja sobre o implante e prepará-lo para receber o dente artificial. Pessoas que demoram a fazer o procedimento após perderem o dente podem precisar de um enxerto ósseo no local para suportar o implante.

Em casos mais complexos pode ser necessária a sedação do paciente, mas tudo é feito mediante exames para detectar possíveis riscos para a saúde. Após a cirurgia, pode haver sangramento ou inchaço na região, mas podem ser aliviados com o uso de bolsas de gelo ou medicamentos.

Especialistas também recomendam que durante alguns dias após a cirurgia o paciente se alimente apenas de alimentos mais líquidos, frios e ou moles. E depois vá adaptando a alimentação com comidas mais consistentes e evite mastigar com a região do implante. Alimentos mais duros devem ser evitados durante todo o período de recuperação da cirurgia.

Além disso, vários cuidados com a higiene bucal devem ser levados em consideração, por isso sempre fique atento(a) as orientações do dentista.

O avanço das técnicas de ortodontia na atualidade

O avanço das técnicas de ortodontia na atualidade

As diversas técnicas de ortodontia existentes na atualidade têm como principal objetivo restaurar a saúde da cavidade oral no que diz respeito à distribuição dos dentes na arcada dentária. E o que se diz é que essa prática é tão antiga quanto a própria odontologia!

E dentre os principais parceiros da ortodontia nos dias atuais, podemos destacar, sem dúvida, as mais modernas tecnologias para o diagnóstico por imagem nesse segmento.

E entre elas cabe um lugar todo especial para as tomografias computadorizadas, que são capazes de oferecer ao especialista excelentes imagens em 3D, que escaneiam e “fotografam” cada milímetro da estrutura óssea do paciente com uma resolução impressionante!

Essa tecnologia proporciona um tratamentos com maior índice de resultados positivos, com previsão de quase 100% de como será o resultado antes do seu término, a quase completa eliminação da dor, entre outros benefícios que os milhões de indivíduos com algum tipo de má-formação dentária no mundo agradecem.

ortodontia na atualidade

Os miniimplantes e a parceria com a tomografia computadorizada

Os miniimplantes também estão entre as mais eficazes e modernas ferramentas para auxiliar a movimentação dos dentes durante um tratamento com aparelhos fixos.

Esses miniimplantes chegam para substituir as borrachas e os elásticos que, apesar de eficientes, não oferecem o mesmo grau de sustentação e apoio oferecido por esses pequenos parafusos de titânio, que ligam praticamente toda a arcada dentária ao aparelho.

Agora a ortodontia conta com mais essa ferramenta que acaba tornando o procedimento bem mais rápido e barato; sem contar o fato de que os resultados não ficam mais condicionados à participação do paciente, já que agora terão uma sustentação para o aparelho que permanece fixa durante todo o tratamento.

E quando tal evolução da técnica é potencializada pelo recurso da tomografia computadorizada, aí o que temos são os tratamentos ortodônticos mudando, totalmente, de patamar!

E essa mudança ocorre com relação à segurança, eficiência e garantia de resultados para praticamente todos os diagnósticos relacionados com má-formação da arcada dentária.

Já que, por meio de uma TC, é possível tridimensionar e “fatiar” toda a cavidade oral do paciente, o que garante que o transtorno seja diagnosticado na sua totalidade, sem praticamente nenhuma margem de erro, e para um tratamento de acordo com as peculiaridades de cada caso.

As principais técnicas da ortodontia moderna

“Aparelhos invisíveis” (o Invisalign), borrachas transparentes, estruturas autoligadas, escaneamento em 3D da arcada dentária, fios bem mais flexíveis, tomografia computadorizada…Esses são apenas alguns dos exemplos dos inúmeros avanços do tratamento ortodôntico no mundo.

Agora esses tratamentos são levados a cabo quase que sem nenhuma dor, com um ganho estético incomparável, um custo bastante acessível, e muitas vezes pela metade do tempo que era necessário no passado.

Mas entra também nessa lista com os principais avanços no segmento da ortodontia o uso de “bráquetes estéticos” feitos de porcelana, e que livram o paciente do inconveniente de um “sorriso de metal”.

Assim como também as lentes de contato dentais, que atuam melhorando o aspecto dos dentes durante o tratamento.

Além de outros inúmeros avanços que trazem o futuro para o presente da ortodontia nos quatro cantos do planeta.

E que contribuirão para que algumas nações livrem-se de vez da pecha de “países de desdentados” num futuro bem próximo.

Como no caso do Brasil, por exemplo, que ainda tem muito a avançar quando o assunto são os cuidados com a cavidade oral e a correta higiene praticada por cada indivíduo.

O que é uma massagem tântrica?

O que é uma massagem tântrica?

O Tantra é uma tradição espiritual que visa, entre muitas outras coisas, integrar nossa energia sexual ao nosso lado espiritual, trazendo sensualidade e erotismo para uma experiência mística e sagrada, cheia de mistérios e segredos.

A massagem tântrica é uma massagem ideal para quem quer sentir como é unir elementos eróticos, afetuosos e sagrados em uma massagem com diferentes tipos de toques e energias, onde você sentirá uma montanha russa de emoções e sensações.

Para a massagem tântrica, os toques são suaves e delicados, carregados de energia forte, onde, eventualmente, os toques da mão são substituídos por diferentes estímulos sensoriais.

Na Gasha Terapias, nossa massagem tântrica é única. Nossa sessão foi desenvolvida por um terapeuta usando a verdadeira filosofia tântrica. Ela estudou a tradição na Índia e trouxe consigo a verdadeira experiência de uma massagem tântrica completa, intensa e genuína.

Segundo alguns mestres do Tantra, essa técnica permite que a pessoa experimente a expansão de seus próprios limites sexuais, alcançando um estado de pura felicidade. A liberação orgásmica faz parte do processo, mas, embora seja forte, é considerada secundária em relação ao verdadeiro objetivo, que é alcançar um estado de realização corporal, mental e espiritual.

Como é realizada a massagem tântrica?

A massagem tântrica se uma massagem muito especial. A fusão de sua energia e a do terapeuta que você escolhe é muito mais profunda do que outras massagens, e a realização do processo e da experiência é fundamental para você receber uma excelente e inesquecível massagem tântrica.

Nossa massagem é completamente única e sofisticada, começando com o ambiente em que você será massageado. A sala, de preferência com um tapete de tatame, é decorada especialmente com velas acesas, flores, almofadas e perfumadas com perfumes aromáticos, tudo para que você sinta que está em uma atmosfera sagrada, aconchegante e muito sensual.

Antes de embarcar em sua viagem através de sensações e energias diferentes da massagem tântrica, o terapeuta explicará brevemente o que é o Tantra e os objetivos da massagem, para que sua experiência seja a mais intensa e completa possível. Especialmente se for a sua primeira massagem tântrica, você também terá a oportunidade de conversar com antecedência, esclarecer dúvidas, fazer perguntas, para que possa se render completamente ao processo.

A música tem um papel fundamental na massagem tântrica! Muito mais do que ambiente e fundo, músicas diferentes ajudarão você e o terapeuta a se aprofundar nas três energias principais da massagem tântrica, que são: sagradas, afetuosas e sensuais. Deixe a música transportá-lo durante a sessão.

Agora a massagem realmente começa! Relaxe, respire, limpe sua mente e deixe o terapeuta guiá-lo através do processo. A massagem começa com vocês dois fazendo contato com o reino sagrado e espiritual e com a contemplação de algo maior e transcendente. Os toques que ela aplicará a você o transportarão para esse espaço sagrado, onde cliente e terapeuta são transformados em deuses e deusas.

Os toques e a música começam a mudar do sagrado para o afetuoso, para um espaço afetuoso, aconchegante e protetor, e é aí que a aplicação de óleos aquecidos começa por todo o corpo, com movimentos lentos, suaves e delicados, para que o corpo e a mente é banhada pelo relaxamento através do toque.

Num terceiro movimento, a massagem começa lentamente a tornar-se cada vez mais sensual e erótica e o calor começa a se espalhar pelo seu corpo através de diferentes sensações de toque pelas mãos, unhas, texturas, respiração, explorando as partes mais sensíveis do seu corpo. mais receptivo ao prazer.

É nessa jornada entre o sagrado, o afeto e o erótico que ocorre a massagem tântrica, onde, além de receber passivamente o toque e os estímulos em seu corpo, você é incentivado a usar sua imaginação, visualizando e desfrutando de todos os movimentos de acordo com instruções suaves. receberá de sua deusa.

Finalizando a massagem, você receberá toques lingam e estímulos para a região sexual sagrada do Tantra, lentamente, sem pressa e com o único objetivo de seu prazer e energia de fluir cada vez mais intensamente para aquela região, onde um grande êxtase. relaxamento intenso ocorrerá.

Benefícios da Massagem Tântrica

  • As zonas erógenas são exploradas em todo o corpo no ritual de massagem tântrica.
  • A ansiedade e o cansaço mental e físico são aliviados no ritual de massagem tântrica.
  • Na massagem tântrica, traumas e bloqueios emocionais podem ser liberados.
  • Tenha uma forte consciência da integração de sua própria energia sexual, afetuosa e espiritual.
  • A massagem tântrica nos ajuda a nos tornar pessoas mais amorosas, pacíficas e evoluídas
Os 6 melhores suplementos para ganhar massa muscular

Os 6 melhores suplementos para ganhar massa muscular

Se você se exercita regularmente , provavelmente quer ter certeza de que está aproveitando ao máximo.

Um benefício importante do exercício é ganhar músculos e força. Ter uma quantidade saudável de músculos permite que você faça o seu melhor durante o exercício e a vida diária.

Três critérios principais devem ser atendidos para o máximo ganho muscular: comer mais calorias do que você queima, consumir mais proteína do que você quebra e um programa de exercícios que é desafiador para os músculos Embora seja possível atender a todos esses critérios sem tomar suplementos alimentares, certos suplementos podem ajudá-lo a atingir seus objetivos.

Os 6 suplementos listados abaixo podem ajudá-lo a ganhar mais músculo com seu programa de exercícios.

1. Creatina

A creatina é uma molécula produzida naturalmente em seu corpo. Ele fornece energia para os músculos e outros tecidos.

No entanto, tomá-lo como um suplemento dietético pode aumentar o conteúdo de creatina muscular em até 40% além dos níveis normais.

Isso afeta as células musculares e o desempenho do exercício, promovendo ganho muscular. De fato, uma grande quantidade de pesquisas mostra que a creatina melhora a força muscular

Esta é uma boa notícia se você estiver tentando ganhar músculos. Maior força permite que você tenha um melhor desempenho durante o exercício, levando a maiores aumentos de massa muscular ao longo do tempo

A creatina também pode aumentar o conteúdo de água nas células musculares. Isso pode fazer com que as células musculares inchem levemente e produzam sinais de crescimento muscular

Além disso, este suplemento pode aumentar os níveis dos hormônios envolvidos no crescimento muscular, como o IGF-1

Além disso, algumas pesquisas mostram que a creatina pode diminuir a quebra de proteínas nos músculos

No geral, muitos pesquisadores estudaram suplementos e exercícios de creatina, e uma coisa é clara – a creatina pode ajudar a aumentar a massa muscular

A creatina também foi estudada extensivamente e possui um excelente perfil de segurança

Se você estiver procurando por um suplemento para ajudá-lo a ganhar massa muscular, considere a creatina primeiro .

2. Suplementos de proteína

Obter proteína suficiente é fundamental para ganhar massa muscular.

Especificamente, para ganhar massa muscular, você precisa consumir mais proteína do que seu corpo se decompõe através de processos naturais

Embora seja possível obter toda a proteína que você precisa de alimentos ricos em proteínas, algumas pessoas lutam para fazer isso.

Se isso soa como você, você pode considerar tomar um suplemento de proteína .

Existem muitos suplementos protéicos diferentes disponíveis, mas alguns dos mais populares são proteínas de soro de leite, caseína e soja. Outros suplementos de proteína contêm proteínas isoladas de ovos, carne, frango ou outras fontes

Pesquisas mostram que a adição de proteína extra por meio de suplementos causa um ganho muscular ligeiramente maior em pessoas que se exercitam do que a adição de carboidratos

No entanto, os efeitos são provavelmente maiores para pessoas que não estão recebendo proteína suficiente em sua dieta normal.

De fato, algumas pesquisas mostram que consumir quantidades muito altas de suplementos de proteína não ajuda a aumentar o músculo se você já está seguindo uma dieta rica em proteínas Muitas pessoas se perguntam quanta proteína comer diariamente . Se você é um indivíduo ativo tentando ganhar músculos, 0,5 a 0,9 gramas de proteína por libra (1,2 a 2,0 gramas por kg) de peso corporal pode ser melhor

3. Ganhadores de peso

Os ganhadores de peso são suplementos projetados para ajudá-lo convenientemente a obter mais calorias e proteínas. Eles são normalmente usados ​​por indivíduos que lutam para ganhar músculos.

Algumas pessoas acham difícil ganhar massa muscular, mesmo quando consomem grandes quantidades de calorias e levantam pesos

Embora o conteúdo calórico dos suplementos para ganho de peso varie, não é incomum que eles contenham mais de 1.000 calorias por porção.

Muitas pessoas pensam que essas calorias vêm de proteínas, uma vez que é muito importante para a construção muscular. No entanto, a maioria das calorias vem de carboidratos.

Geralmente, existem 75 a 300 gramas de carboidratos e 20 a 60 gramas de proteína por porção desses suplementos de alto teor calórico.

Embora esses produtos possam ajudá-lo a consumir mais calorias, é importante perceber que não há nada mágico nos suplementos para ganho de peso.

Algumas pesquisas em adultos fisicamente inativos mostraram que o aumento drástico de calorias pode aumentar a massa magra como o músculo, desde que você coma bastante proteína

No entanto, pesquisas em adultos treinados com peso indicaram que consumir um suplemento para ganho de peso pode não ser eficaz para aumentar a massa magra

No geral, os ganhadores de peso são recomendados apenas se você estiver com dificuldade para comer bastante comida e achar mais fácil beber um shake de ganho de peso do que comer mais comida de verdade. Beta-alanina

4. Beta-alanina A beta-alanina é um aminoácido que reduz a fadiga e pode aumentar o desempenho do exercício

Além disso, a beta-alanina pode ajudar a aumentar a massa muscular se você estiver seguindo um programa de exercícios.

Um estudo mostrou que tomar 4 gramas de beta-alanina por dia durante oito semanas aumentou a massa corporal magra mais do que um placebo em lutadores universitários e jogadores de futebol

Outro estudo relatou que a adição de um suplemento de beta-alanina a um programa de treinamento intervalado de alta intensidade e de seis semanas aumentou a massa corporal magra em cerca de 1 libra (0,45 kg) a mais do que um placebo Embora sejam necessárias mais pesquisas sobre beta-alanina e ganho muscular, este suplemento pode ajudar a apoiar o ganho muscular quando combinado com um programa de exercícios.

 5 Aminoácidos de Cadeia Ramificada

Aminoácidos de cadeia ramificada (BCAAs) consistem em três aminoácidos individuais: leucina, isoleucina e valina.

Eles são encontrados na maioria das fontes de proteínas, particularmente as de origem animal, como carne, aves, ovos, laticínios e peixes.

Os BCAAs são extremamente importantes para o crescimento muscular e representam cerca de 14% dos aminoácidos nos músculos

Quase todo mundo consome BCAAs de alimentos todos os dias, mas também é muito popular tomar BCAAs como um complemento.

Uma pequena quantidade de pesquisa mostrou que os BCAAs podem melhorar o ganho muscular ou reduzir a perda muscular, em comparação com um placebo

No entanto, outras pesquisas mostram que os BCAAs podem não produzir maior ganho muscular naqueles que seguem um programa de exercícios

É provável que os suplementos de BCAA possam beneficiar você apenas se você não ingerir proteína de alta qualidade suficiente em sua dieta.

Embora possam ser benéficos se sua dieta for inadequada, são necessárias mais informações antes que os BCAAs sejam recomendados como um complemento para ganho muscular.

 6 HMB

O beta-hidroxi beta-metilbutirato (HMB) é uma molécula produzida quando o corpo processa o aminoácido leucina.

O HMB é responsável por alguns dos efeitos benéficos da proteína e leucina na dieta 

Pode ser especialmente importante para reduzir a quebra de proteínas musculares

Enquanto o HMB é produzido naturalmente pelo seu corpo, tomá-lo como um complemento permite níveis mais altos e pode beneficiar seus músculos

Vários estudos em adultos previamente não treinados demonstraram que tomar de 3 a 6 gramas de HMB por dia pode melhorar os ganhos de massa corporal magra com o treinamento com pesos 

No entanto, outras pesquisas mostram que doses semelhantes de HMB provavelmente não são eficazes no aumento da massa muscular em adultos com experiência em treinamento com pesos

Isso pode significar que o HMB é mais eficaz para aqueles que estão começando o exercício ou aumentando a intensidade de seus exercícios.

Empréstimo pessoal mais barato: Saiba como escolher

Empréstimo pessoal mais barato: Saiba como escolher

Em tempos onde o avanço das novas tecnologias têm mudado consideravelmente a forma das pessoas viverem, as empresas passam a trabalhar alternativas de serviços online. Dessa forma, um dos segmentos que mais cresce nesse sentido é o serviço bancário.

Apesar de todas as questões legais e burocráticas que envolvem um empréstimo pessoal, por exemplo, as instituições financeiras vêm aderindo ao uso de app e site. Dessa forma, há uma concorrência maior entre os bancos.

Portanto, para os clientes que desejam contar com um empréstimo pessoal, é possível avaliar quais bancos oferecem as melhores condições de pagamento. Além disso, é possível fazer simulações do empréstimo pessoal pelo site. Confira quais as melhores dicas para escolher o melhor serviço.

Simulação de empréstimo pessoal economiza tempo e dinheiro

Equilibrar as finanças pessoais ou fazer compras de grande porte são alguns dos motivos para a tomada do empréstimo pessoal. Dessa forma, para garantir as melhores condições de pagamento, o cliente precisa realizar uma pesquisa sobre as opções disponíveis.

Portanto, para que este processo seja realizado da forma mais rápida e prática, as instituições financeiras oferecem a simulação de crédito. Desse modo, através do site da instituição, é possível consultar as condições do empréstimo pessoal, como prazo, juros e limite pré aprovado.

Portanto, antes de entrar em contato diretamente com o banco, o cliente terá acesso às informações do empréstimo pessoal. Além disso, há opções de empréstimos que podem ser realizados de forma online. Para aqueles que cada minuto é precioso, as instituições financeiras contam o empréstimo pessoal online.

Empréstimo pessoal com garantia reduz os juros

Apesar de toda a documentação que precisa ser preenchida no empréstimo pessoal, os bancos procuram alternativas de assegurar o pagamento do empréstimo. Desse modo, os juros acrescidos são a forma mais popular de monetizar o valor emprestado.

No entanto, conforme as garantias de pagamento se tornam mais palpáveis, os juros tendem a ser reduzidos. Dessa forma, em casos de empréstimo pessoal com garantia de bens, como o imóvel, possui valores mais baixos em relação ao mercado.

Quanto custa um seguro automóvel para Amarok?

Quanto custa um seguro automóvel para Amarok?

Se o seu sonho é comprar um Amarok, saiba neste artigo tudo o que você precisa saber sobre o seguro automóvel para Amarok.

O Amarok é o sonho da vida de muitas pessoas. Ele é um carro considerado bonito e muito bem visto, seja lá onde ele passe. No entanto, para manter um carro assim, é necessário que você tenha cuidados, começando pela contratação do seguro automóvel.

O custo de manutenção desse veículo pode ser alto se você não tiver um seguro automóvel. Por isso, consideramos super importante investir nesse recurso, que pode proteger você e seu carro de muitos problemas.

Seja lá qual foi o modelo de carro que você escolheu, é fundamental que você se precaveja contratando um seguro no qual possa contar, em casos de imprevistos.

Para o seu benefício, existem muitas coberturas diferentes, e por esse motivo, o valor do seguro automóvel pode ser diferenciado para os motoristas, a depender do seu modelo.

Confira então o valor do seguro automóvel para Amarok.

Quanto irei pagar pelo seguro automóvel para Amarok?

Neste ano de 2019, o valor médio para manter seu veículo seguro é de aproximadamente R$4.763,14. No entanto, existem muitos fatores que fazem o valor do seu seguro variar. Os principais são o sexo, idade e localidade.

Então, ao fazer um seguro Amarok, fique atento às mudanças de valores, a depender do seu perfil.

Como contratar um seguro?

Inicialmente, é importante que você faça uma cotação com uma seguradora da sua confiança. Busque as que tem melhores qualificações no mercado e possuem bom histórico de contratos fechados.

Ademais, veja no seu contrato o que está incluído. Leia todos os pontos e se houver alguma dúvida, pergunte ao seu corretor. Negocie o valor do seu seguro com quem você confia de verdade.

Seguro saúde viagem internacional: O que é e como fazer

Seguro saúde viagem internacional: O que é e como fazer

Você sabe para que serve um seguro saúde viagem internacional?

Muitas pessoas (e também empresas) chamam o seguro saúde viagem internacional apenas de ‘seguro viagem’.

Alguns países, como os países europeus exigem que a pessoa tenha contratado um seguro viagem para poder entrar nele.

Basicamente se você não tiver o documento comprovando que você contratou um seguro saúde viagem internacional.

Do contrário você não sai nem do aeroporto quando desembarcar por lá.

Já para outros países esse seguro é opcional.

Mas, sendo opcional ou não, recomendamos que você faça um seguro saúde viagem internacional.

Esse seguro funciona como um seguro de saúde temporário apenas para o período que você esteja fora do Brasil ou mesmo durante o período que você o contratar.

Já, para fazer um seguro desses você tem várias opções:

  1. A empresa onde você compra o seu ‘pacote de turismo’ normalmente ‘vende’ esse seguro também;
  2. Você pode ir diretamente em uma loja física em uma seguradora do seu agrado;
  3. Pode contratar um seguro saúde viagem internacional diretamente no site da seguradora.

Mas, você precisa tomar alguns cuidados na hora de contratar um seguro saúde viagem internacional, entre eles citamos:

  • Qual o tipo de cobertura que esse seguro te oferecerá;
  • Você será reembolsado pelos gastos ou a seguradora cobre as despesas sem você precisar desembolsar nada;
  • Você pode ir a qualquer hospital / farmácia / médico ou precisa ir em um que seja conveniado com a sua seguradora;
  • Casos mais graves, como internações, cirurgias ou mesmo translado do corpo (em caso de falecimento) estão cobertos pelo seguro saúde viagem internacional;
  • Consulte a ‘pontuação’ da empresa em sites especializados em ‘reclamações’.

Por fim, alguns cartões de crédito também oferecem o seguro saúde viagem internacional.

Se você possui um cartão de crédito consulte se eles disponibilizam esse tipo de seguro e qual a cobertura do mesmo.

 

Gostou das nossas dicas? Não esqueça de compartilhar em suas redes sociais.

Abrir conta corrente Online: 2 Formas de abrir conta corrente online

Abrir conta corrente Online: 2 Formas de abrir conta corrente online

A partir de quando as instituições financeiras começaram a impulsionar os sites e apps para dispositivos móveis, muitas pessoas estão trocando as idas ao banco para realizações de operações financeiras pela internet. Uma maneira bem mais rápida e prática, o que acaba economizando tempo, porque o freguês não tem que ir até o seu banco para fazê-las.

Vendo isso, surgiram novas instituições financeiras com conta corrente completamente digitais. Essas contas são muito praticas, e na pluralidade dos casos, muito mais baratas. As contas digitais permitem realizar todas as transações que uma conta corrente tradicional permite. Qualquer indivíduo com um CPF e maior de 18 anos consegue abrir conta corrente online.

Abrir conta corrente online

Se você se interessou pelas contas digitais e gostaria de Abrir conta corrente online. Separamos as duas formas que você consegue realizar esse processo, rápido e sem complicação. Confira a seguir:

Abrir conta corrente online: Forma 100% online

Se você quer abrir conta corrente online sem ter que ir até uma agência para concluir o processo, você precisa procurar um banco online. Hoje, existem várias opções desses bancos, que fogem dos nomes tradicionais que conhecemos.

O processo de abertura nesses bancos é bem simples. Você precisa fazer o download do aplicativo da instituição financeira e seguir o passo a passo, com o preenchimento das suas informações. Nesses bancos, para confirmar a sua autenticidade, você precisará enviar fotos dos seus documentos, e após isso, tirar uma selfie. Alguns bancos, por segurança, pedem que você grave um pequeno vídeo com o seu documento na mão.

Após isso, eles demoram cerca de 3 dias para te passar as informações da sua conta.

Abrir conta corrente online: Online + presencial

A maioria das instituições financeiras tradicionais, ao oferecer a opção de Abrir conta corrente online, você consegue fazer todo o preenchimento de dados online. Porém, para concluir a abertura da conta, você precisa ir em uma agência bancária física.

 

Maquininha de cartão e as taxas que você precisa conhecer

Maquininha de cartão e as taxas que você precisa conhecer

Cada vez mais pessoas preferem efetuar os seus pagamentos no débito ou crédito, por isso a maquininha de cartão, hoje, é tão necessária. Na hora de tomar uma decisão, o micro e pequeno empreendedor saber as taxas dela é um fator decisivo. Essa pode ser a diferença entre levar e não levar prejuízo. Estas taxas incluem o aluguel ou preço da maquininha de cartão, e as taxas são pagas por qualquer venda realizada. O aluguel/preço é fixo, mas as taxas de vendas variáveis correspondem a uma porcentagem do valor do produto.

Existem diversos tipos de máquinas de cartão no mercado, desde as mais conhecidas, que aceitam diversos cartões, até aquelas que funcionam através do celular e podem ajudar na hora de economizar.

O aluguel varia conforme o plano e maquininha de cartão contratados pelo empreendedor. Existem maquininhas que você pode comprar por um preço fixo e depois há cobrança só das taxas. Além do aluguel há cobrança nas transações realizadas no débito, crédito à vista e crédito parcelado. Para transações realizadas no débito as taxas variam entre 2% até 3%.

No crédito à vista as taxas variam 2,5% até 3,99%, é preciso considerar o prazo para a liberação dos saldos. Isso porque dependendo do plano escolhido o custo difere se a forma de receber for antecipada ou esperar 30 dias para ter o faturamento. As taxas no crédito parcelado vão de 1,99% até 3,49%, assim como no crédito à vista nem sempre a maquininha de cartão que oferece a melhor taxa será no saldo antecipado.

Atualmente existem diversos planos que as taxas variam conforme a modalidade, alguns planos oferecem taxas para transações no débito mais baixas, outras não cobram o valor do aluguel da maquininha de cartão caso receba determinado valor. É preciso colocar todos os gastos na ponta do lápis para adquirir a maquininha de cartão que mais se adequa às suas necessidades.

Máquina de cartão: 9 melhores opções do mercado

Máquina de cartão: 9 melhores opções do mercado

A utilização de dinheiro em papel está cada vez mais escassa no mercado. Os cartões são em sua grande maioria e forma mais utilizada ao fazer um pagamento. Por isso, os empresários brasileiros estão sempre em busca das melhores máquina de cartão, que ofereçam eficiência ao cobrar dinheiro e, ao mesmo tempo segurança ao usuário.

A máquina de cartão, além de oferecer praticidade, garantem ao cliente o parcelamento de suas compras, algo que hoje é muito procurado pelos clientes. E isso, para um comércio pequeno ou trabalhador autônomo oferecer é uma grande vantagem.

Se você é um desses empresários que está buscando a sua máquina de cartão, você já deve saber que existem diversas opções no mercado, não é mesmo? Por esse motivo, acaba ficando difícil de escolher de forma fácil, o medo de adquirir uma que não seja tão vantajosa é grande. É pensando em você, que vamos te mostrar as melhores opções de máquina de cartão do mercado.

Melhores opções de máquina de cartão do mercado

  1. Cielo Máquina: Aceita mais de 20 bandeiras de cartões diferentes e funciona sem fio.
  2. Cielo Zip: Compacta, ela aceita mais de 70 bandeiras de cartões e não precisa de celular.
  3. Cielo Lio +: União de smartphone e maquininha de cartão, ela funciona com dual chip 4G + Wi-Fi.
  4. Rede Maquininha de Cartao sem fio: conta com espaço de bobina para imprimir comprovantes.
  5. Rede Maquininha sem bobina: funciona com um chip e sem precisar do celular. Aceita mais de 20 bandeiras de cartões.
  6. Getnet Superget Compra: Existe a opção de escolher a maquininha com chip ou com chip 3G e Wi-F
  7. Getnet Solução TEF: É perfeita para alto fluxo de vendas, já que possui sistema TEF integrado à automação comercial.
  8. Izettle: Rápida e eficiente, ela pode ser conectada ao celular via Bluetooth.
  9. SumUp Top: Não há mensalidade, o cliente apenas compra a máquina que aceita diferentes cartões.