A Dieta de 21 Dias?

Oi, pessoal! Hoje vou dar meu primeiro testemunho sobre a dieta de 21 Dias.

Os primeiros Dias de Adaptação à Dieta 21 Dias

No início da dieta, nosso corpo acaba querendo aquelas guloseimas que você está acostumado a comer, e no dia 3 bateu uma vontadezinha de doce.

Mas essa dieta foi mais tranquilo para mim. Eu já passei por uma dieta, onde tudo era ruim. Mas a dieta do Doutor Rodolfo eu aprendi receitas muito saborosas (incluindo receitas de doces saudáveis), que me ajudaram a passar a vontade e me manter firme no meu propósito.

Posso dizer que esta fase de adaptação foi a mais tranquila de todas as dietas que já fiz.

Da Segunda Semana:

O que eu queria para começar a ver os resultados, porque o que já foi, já passou uma semana.

Eu já estou mais adaptada à nova rotina, e comecei a ver os primeiros resultados nas minhas roupas! Eu já removi alguns quilos a mais, dormi melhor, me sinto mais preparado…

Resultados:

Ao notar os primeiros resultados, e ver que eu não sentia fome, eu ficava mais e mais animada para continuar.

(Aqueles que vêm de um histórico de dietas rigorosas e louco, sabe do que eu estou falando. O pior de tudo, é você morrer de fome em uma dieta).

Hoje tenho 15 KG mais magra (e muito feliz!!!), eu vejo que a dieta me trouxe de volta para as coisas que eu não gostava, mais como o meu bem-estar, saúde e auto-estima.

E apesar do fato de que a dieta vai durar 21 dias, o dr. Rodolfo ensina como manter o seu corpo após a dieta! Fazendo tudo corretamente, você pode manter o seu corpo! Assim que eu recebo manter!

Isso para mim é uma grande vantagem. Eu não estou de dieta para sempre, eu mudei meus hábitos.

Hoje eu me alimento corretamente durante a semana, faço exercícios, e no final de semana eu dou o privilégio de ter 1 ou 2 refeições livres (que é mais do que suficiente para matar a vontade de comer o bolo ou massa rs)

O que é a Dieta de 21 dias?

A dieta de 21 dias é uma dieta que foi estudado, testado e escrito por dr. Rodolfo Aurélio, que é um pesquisador científico, que é especializada em naturopatia, formada em fisioterapia, micro-fisioterapia e osteopatia.

Ele estudou durante um ano o funcionamento do corpo humano e como resposta do organismo ao uso de determinados produtos, estudou, como o corpo funciona, quais os métodos mais eficazes de perder peso sem fome, sem contagem de calorias e etc.

Como o dr. Rodolfo especialista em naturopatia, sabe que os produtos fazem no corpo, saber como o corpo reage a cada um deles e, desta dieta, ele adverte, quais os produtos que retardam o metabolismo, que nutrem e causam inflamação aparelhos que fazem o corpo perder peso, mas apenas acumular mais e mais gordura.

A dieta de 21 dias é a dieta que faz você entender e explorar, como seu corpo vai reagir a novos produtos e exercícios. Sobre esta dieta, você vai perder gordura de corpo, perder medidas e peso.

Quais são os benefícios?

  •        Perder peso de 5 a 10 kg de gordura em 21 dias;
  •        A acelerar o metabolismo;
  •        Aumentar o nível de colesterol;
  •        Reduzir a celulite;
  •        Usar 2 ou 3 dimensões para baixo suas calças;
  •        Melhorar o tônus muscular;
  •        Cabelos, pele e unhas mais bonitas e saudáveis.
  •        Aumentar a atenção e a energia;
  •        A perda de 3 a 10 cm de cintura;
  •        Estômago, reta e plano;
  •        Controlar o seu peso para o resto de sua vida.

A dieta de 21 de Dia Funciona muito bem para quem:

Você não consegue perder peso.

Quem já tentou de tudo e ainda não conseguiu perder peso.

Para quem não gosta de fazer exercícios ou ir na academia.

Para quem não quer se privar de comer o que mais gosta.

A dieta de 21 Dias realmente Funciona?

Não é brincadeira, não tem magica e sim, uma maneira fiel e cientificamente testados. E se você seguir o método, estritamente, sem sombra de dúvida, você também vai conseguir perder peso, de pelo menos 5 quilos em 21 dias.

Eu posso afirmar que a Dieta de 21 Dias realmente Funciona! E Vale a pena o seu investimento!

E, como dito anteriormente, a dieta funciona para qualquer pessoa, mesmo quando você está sedentário, até mesmo, o que você vai comer muito bem.

Fique livre da caspa de forma eficaz

Além de incomodar muito por deixar aqueles flocos brancos espalhados pela roupa, a caspa também causa outros sintomas que podem gerar problemas – entre eles estão a irritação e a coceira no couro cabeludo.

A caspa ocorre quando há uma troca muito acelerada das células do couro cabeludo, o que causa uma inflamação na região. O problema ainda não tem cura uma cura definitiva, mas é possível diminuir os seus efeitos e até ficar livre da caspa tomando alguns cuidados diários.

caspas

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a lavagem diária não aumenta a caspa e ainda é muito importante para controlar o problema. Porém, é preciso utilizar xampus específicos para cabelos oleosos e para combater caspa – esses produtos podem ser encontrados em supermercados.

Além disso, a temperatura da água do banho deve ser sempre morna ou fria, nunca excessivamente quente. Isso porque a água quente faz aumentar a oleosidade do couro cabeludo e irrita mais a região, dificultando a ação dos shampoos para o tratamento.

Apesar de chapéus e bonés não causarem a caspa, esses e outros acessórios utilizados na cabeça podem agravar o problema porque dificultam a respiração natural do couro cabeludo, aumentando o calor e a umidade na região. Por isso, procure manter os cabelos sempre secos e arejados.

Caso você sofra com a caspa e as dicas acima não sejam suficientes para diminuir o problema, consulte um dermatologista para que ele indique remédios e produtos para um tratamento mais adequado.

Qual o tamanho normal do pênis? É saudável aumentar?

O pênis sempre foi considerado fonte de potência, masculinidade e de domínio entre os homens. Quanto maior o tamanho do pênis, maior a força e a importância do seu dono entre as mulheres e entre os outros machos do seu grupo. Um pênis grande impressiona a todos, indica que o seu dono tem muito hormônio, muita força, tem prestígio e merece respeito; trata-se de um macho dominante.

Um pênis grande demonstra que aquele homem é mais bem dotado, tem mais vigor sexual e é mais desejado pelas mulheres do que os outros, dando ao seu dono respeito e admiração, ao mesmo tempo em que inibe eventuais concorrentes. Muitos homens tem feito tratamento com macho para ter um um órgão genital mais avantajado e obter melhores resultados nas ereções.

É comum, e portanto normal, a preocupação de milhares de homens com o tamanho do seu pênis, mesmo quando a sua função erétil está preservada. Da mesma forma que milhares de mulheres colocam próteses mamárias por questões puramente estéticas, caprichos, prazer ou vaidade, também os homens despertam cada vez mais para a estética daquilo que pode melhorar; o tamanho do pênis.

Todos os homens com queixas sobre o tamanho do pênis devem ser ouvidos com atenção ao invés de simplesmente serem despachados com a frase “procura um psicólogo que isso é um problema da sua cabeça”.

O tamanho normal do pênis é aquele que deixa o homem e a sua parceira satisfeitos. A literatura médica mostra que a média do pênis normal varia com a raça, mas fica entre 8,5 e 9,4 cm em flacidez e entre 12,9 e 14,1 cm em ereção. Homens da raça negra têm média maior e homens da raça amarela têm média menor. Existem homens satisfeitos com pênis menores, enquanto que também existem homens insatisfeitos com pênis maiores. Acreditamos que a satisfação com o tamanho do pênis seja uma questão de ordem pessoal e inteiramente subjetiva; como quase tudo na vida.

tamanho do penis do homem

O tamanho também é importante

Alguns fatores influenciam no tamanho do pênis como a temperatura fria, o pós-operatório de cirurgias de próstata, o fator genético e o fator educacional (a opinião que o homem tem de si mesmo). Outras condições urológicas também alteram o tamanho do pênis como hipospádias, epispádias, encurtamentos da Doença de Peyronie, lesões traumáticas ou a retração peniana de pacientes com lesão de medula.

Não existe uma relação entre o tamanho do pênis em repouso e em ereção, ou seja, um pênis pequeno em repouso pode aumentar muito na ereção e um pênis grande, quando ereto, pode aumentar pouco. Também não existe relação entre o tamanho das mãos, dos pés ou do nariz com o tamanho do pênis. A masturbação e a prática sexual também não interferem no tamanho final do pênis.